Bairro Caballito

Parque Centenário em Buenos Aires

F

Foi batizado assim em 1909 para comemorar os cem anos da Revolução de Maio. Seus terrenos, pertenceram originalmente à família Lezica, proprietária também dos que hoje ocupa o Parque Rivadavia. 

Em 1898, o município de Buenos Aires comprou-os para construir um passeio que, em um princípio ia se chamar “Parque del Oeste” ou “Parque Central”. E finalmente, ficou com o nome atual. No centro do parque existe um lago habitado por patos e peixes e um anfiteatro reconstruído em 2009 pelo Governo da Cidade onde se realizam espetáculos durante o verão.

O parque possui ainda uma fonte, jogos recreativos, murais populares e várias esculturas, entre elas a “Victoria alada” do italiano Eduardo Rubino, “Madame Curie”, de Santiago Parodi e “La Aurora”, do francés Emilio Peinot. Ao redor do parque se encontram o Museu Argentino de Ciências Naturais Bernardino Rivadavia e o observatório da Associação Amigos da Astronomia.

Durante a semana funciona, na calçada externa, uma feira de livros e revistas usadas que é muito frequentada pelos vizinhos dos bairros próximos. E nos finais de semana e feriados, funciona uma feira de artesanatos.

Ao igual que muitos dos principais espaços verdes da cidade, o paisagista Carlos Thays foi o encarregado de desenhar o Parque Centenário.

Minha dica: é um lugar incrível para fazer exercícios ao ar livre e passar qualquer dia de sol fazendo um piquenique. Porém não se preocupe, pois tem muitas árvores. Embora seja um parque, pode entrar com animais de estimação e, tem atividades para toda a família. Portanto é ideal para quem está com criança porque tem muitas atividades, principalmente final de semana. Embora a entrada do museu é paga ainda assim é bem acessível.

INFORMAÇÕES E SERVIÇOS

Serviços e atrações do Parque Centenário:

  • Jogos infantis
  • Área para Pet
  • Lago
  • Feira
  • Anfiteatro
  • Banheiros públicos
  • WiFi (conexão de Internet pública)
  • Pista de skate
  • Parquinho com Carrossel

Onde fica: Av. Angel Gallardo e Rio de Janeiro (mas possui várias entradas). Bairro Caballito.

Como chegar: Ônibus: 15, 24, 36, 42, 55, 57, 65, 71, 76, 92, 99, 105, 106, 109, 110, 112, 124, 127, 135, 141, 146. Metrô: Estação Ángel Gallardo (Linha B) – caminhar 400 metros.


Dias e Horários: Todos os dias

  • INVERNO: das 8:00 às 20:00
  • VERÃO: das 8:00 às 22:00

Entrada: Livre e gratuita

Facilite seu roteiro reservando nesse post

Boa viagem e boas férias!

Beta

O que achou do artigo?

Pin It