Viver em Buenos Aires

Documentos para morar e trabalhar na Argentina legalmente

DOCUMENTOS PARA MORAR E TRABALHAR NA ARGENTINA LEGALMENTE

Para morar e trabalhar na Argentina legalmente sao necessários dois documentos: o DNI e o CUIL. O DNI ou documento nacional de identidade, é o equivalente na Argentina ao nosso RG no Brasil. E o CUIL seria a nossa carteira de trabalho. É muito comum contratar uma consultoria se você quer economizar tempo na hora de fazer os documentos. Porque tirar o DNI, apesar de ser um processo fácil, é muito trabalhoso e por vezes demorado.

E

junto com ele você já faz a solicitação de residência, temporária ou permanente, em um processo chamado de “ventanilla única”. Eu recomendo fortemente você contratar uma assessoria. Mas, se você tiver tempo e paciência de fazer por conta própria, nesse artigo eu te ensino o passo a passo de como fazer esses documentos. Mãos à obra!!!

COMO FAZER O DNI

Existem duas formas para fazer o DNI:

Iniciando os trâmites em um consulado Argentino no Brasil, que é mais rápido porém mais caro (se comparado ao preço na Argentina). Ou fazendo os trâmites no setor de Migrações na Argentina onde demora um pouco mais, mas é fácil e mais barato. Porém vou explicar como tramitar o documento estando aqui. Pois foi assim que eu fiz e é onde tenho mais experiência para contar com mais detalhes.

COMO FAZER O DNI

Para fazer no Brasil

Em primeiro lugar você deve consultar qual o consulado mais próximo da sua cidade. Pode entrar em contato por telefone ou pessoalmente para solicitar as informações. Porém são poucas as cidades brasileiras que possuem consulado. Caso a sua cidade não possua você vai ter que se deslocar até a cidade escolhida para fazer o trâmite na data marcada. Nessa consulta eles devem informar a documentação necessária e os valores das taxas.

Para fazer na Argentina

Primeiro a documentação completa para solicitar o DNI estando na Argentina e abaixo como consegui-la:

  • Identidade: RG Original OU Passaporte com foto, originais. Estes documentos devem estar vigentes e em boas condições. Você pode usar qualquer um dos dois para solicitar turno;
  • Entrada: Carimbo de entrada para o país carimbado no documento de viagem ou no cartão migratório.
  • 2 fotos 4×4;
  • Certidão de Nascimento (somente para menores de 16 anos);
  • Antecedentes Criminais Brasileiro: emitido pela Polícia Federal (somente para maiores de 16 anos);
  • Comprovante de Residência (emitido na delegacia);
  • Antecedentes Penais Argentino: Emitido pelo Registro Nacional da Reincidência ou Polícia Federal;
  • Consultar a taxa de residência Mercosul.

PASSO A PASSO PARA FAZER NA ARGENTINA.

  • Passo 1. Marcar um horário em Migraciones.

Para marcar um horário no departamento de imigração, é só clicar aqui e acessar este link.

Já na página você clica em:

“TURNOS” 

Na opção seguinte você completa com:

  • Tipo de trâmite:

SOLICITUD DE CERTIFICADO.

  • Província:

Ciudad Autónoma de Buenos Aires (se você estiver vivendo na capital, senão escolha a cidade onde você está morando. O trâmite é o mesmo para todo o país).

  • Localidad:

clique no bairro que você estiver morando.

E clique em “CONTINUAR”.

Na opção seguinte você completa com os seus dados.

Lembrando que aonde aparece a opção – “Nro do DOCUMENTO do país de origem” – você pode escrever tanto o número do seu RG como o número do seu PASSAPORTE (incluindo as letras nesse último caso).

Dá certo com qualquer um dos dois, inclusive eu sempre usei meu passaporte para esses trâmites. 

Onde está escrito “DNI argentino” deixe em branco já que você não possui, se esse é o seu primeiro trâmite.

Quando você apertar “CONTINUAR”

Na página seguinte vão aparecer as opções de dia e horário.

Escolha o que for mais conveniente para você, aperte “CONTINUAR” . 

Na página seguinte escolha a data e preencha com o restante dos seus dados pessoais (nome, e-mail) e “CONFIRMAR”.

O sistema vai te mostrar o comprovante que você deve imprimir.

IMPRIMIR COMPROVANTE:

Obs.: Se você não tiver impressora, não tem problema! 

Pode sair do site, ir em um local com internet, tipo um kiosco; e fazer o mesmo procedimento como se fosse solicitar um turno.

Na hora que você informar o número do seu Passaporte ou RG e continuar o processo o site só dará a opção de IMPRIMIR SEU TURNO.

Aí você imprime.

 

COMO FAZER O DNI

DOCUMENTOS PASSO A PASSO

  • Como Solicitar os Antecedentes Penais da Argentina.

Mesmo que você tenha chegado ontem, será necessário solicitar esse documento para fazer o trâmite.

Você tem que marcar um horário para fazer o trâmite.

No dia e hora marcados você tem que comparecer no endereço que vai constar no seu comprovante de turno, apresentar o seu RG ou o seu passaporte brasileiro, pagar a taxa e dar entrada na solicitação do documento.

O valor da taxa varia de acordo com a sua urgência, mas 5 dias é um bom prazo.

Exemplos:

  • AR$ 70,00 (fica pronto em 5 dias úteis)
  • AR$180,00 (fica pronto em 24 horas) 
  • AR$ 300,00 (fica pronto em 6 horas)

Então é só escolher o prazo da entrega do documento e pagar a taxa.

  • Como Solicitar Comprovante de Residência ou Certificado de Domicilio

Para solicitar o seu comprovante de residência não serve que você vá a qualquer delegacia de polícia,

Você tem que ir à delegacia de polícia que corresponda ao setor que você está morando.

Encontre aqui a delegacia que te corresponda.

Quando abrir o link você vai escrever o nome da rua onde você mora, o número da residência e vai clicar em buscar.

Aí já aparece o endereço da delegacia correspondente (que aqui se diz “COMISARIA”)

Você pode solicitar esse comprovante mesmo que você esteja em uma residência provisória, como um Hostel, por exemplo.

Você NÃO precisa marcar hora, é só ir direto na delegacia e dizer que quer um comprovante de residência para apresentar em Migraciones.  

A pessoa que te atender vai preencher um pequeno formulário com o teu endereço e vai te cobrar uma taxa de AR$10,00.

No dia útil seguinte, alguém da delegacia (um policial ou um office boy, que aqui chama “CADETE”) vai até o endereço que você informou para fazer a entrega desse comprovante.

Eles não vão revistar a sua casa, não.

Esse procedimento é justamente para comprovar que você mora onde disse que mora então só precisa que você receba o comprovante.

Tem que apresentar o seu documento de identidade original (RG ou Passaporte). Ou se você não estiver em casa tem que ter alguém para receber. E que esteja de posse de uma cópia do seu documento.

Na delegacia eles te explicam direitinho.

  • Como Solicitar Antecedentes Penais do Brasil.

Da mesma forma que foi preciso o documento de antecedentes penais Argentino, você também vai precisar do documento Brasileiro.

Você pode tentar solicitar aqui os antecedentes do Brasil.

Nesse link você vai na opção “Emissão”, preenche com os teus dados e imprime o certificado*.

Depois de impresso você deve levá-lo até o consulado brasileiro que fica nesse endereço: Carlos Pellegrini 1363, Buenos Aires, Capital Federal. Tel.:011 4515-6500. E então apresentar o documento. No qual eles vão colocar um selo e validá-lo, sem nenhuma taxa e no prazo de 1 (um) dia útil. 

*Se você não conseguir imprimir o documento, você pode solicitar que alguém no Brasil faca a solicitação. A pessoa precisa ir diretamente em uma sede da polícia federal e depois enviar para você pelo correio.

Nesse caso você não precisa validar no consulado. Foi o que aconteceu comigo!

**É aconselhável solicitar esse documento faltando pelo menos um mês para o dia da sua apresentação em Migraciones.

Primeiro porque se tiver algum problema você tem tempo de corrigir. E segundo porque esse documento tem validade de 90 dias. Então, se seu turno demorar mais do que isso e você perder a validade do mesmo, você tem que fazer uma nova solicitação.

De posse de toda essa documentação você tem que comparecer no dia e hora marcados em “Migraciones“, que fica no seguinte endereço: Avenida Antartida Argentina, 1355, Buenos Aires (se você estiver na capital).

Lá, além da documentação, você tem que pagar uma taxa de AR$ 3.000,00 (leve dinheiro trocado, eles não aceitam cartão débito/crédito).

Dependendo do ano que você estiver vendo esse artigo, é melhor consultar o valor porque pode ter aumentado.

No mesmo dia do trâmite você já sai de Migraciones com um documento chamado “Precária”.

Esse documento não te confere identificação (você deve continuar andando com o seu RG ou o seu PASSAPORTE).

Ele é apenas um comprovante de que seu DNI está em andamento.

Porém, a precária já é suficiente para você fazer o CUIL que é o documento que serve para você conseguir um trabalho legalmente.

O prazo de entrega do DNI é de 90 dias.

Caso ele não chegue na sua residência dentro desse prazo, você precisa entrar em contato pelo número de telefone que é fornecido junto com o seu documento de precária.

Qualquer dúvida, aqui tem o passo a passo na página oficial do governo (em espanhol).

COMO FAZER O CUIL

O Documento que te permite trabalhar

Sabia que aqui na Argentina a gente não tem carteira de trabalho? O que a gente usa é um documento chamado CUIL. Ele é quase como uma unificação da carteira de trabalho, do CPF e do PIS. Ele é necessário para trabalhar “en blanco”, ou o equivalente a “de carteira assinada” e, até pra abrir conta em banco. Eu vou te ensinar a tirar o documento que é super fácil e sem burocracia.

É só se dirigir a um órgão do governo chamado ANSES (Administración Nacional de la Seguridad Social), levando:

  • O seu DNI (ou a “precária”, que é o documento de tramitação do DNI), original e cópia dos dois.

Não precisa marcar horário. E você sai com o documento na mesma hora. Qualquer dúvida pode consultar no site da ANSES.

As dicas e sugestões neste artigo e artigos relacionados são apenas para fins informativos e auxiliares, e não podem ser base para qualquer reclamação contra o blog DePasseioPor.

Boa viagem e boa sorte!

Beta

2 Comments

  1. Ana Beatriz Alexandre de Sousa Reply

    Ola, eu vou escolhi fazer o processo na Argentina e já imprimi o documento aqui eu preciso levar em algum cartório ou algo nesse sentido pra validar o documento ?

  2. Márcia Domingues Reply

    Beta, descobri você e agora não consigo passar um único dia sem rever seus vídeos…..amoooooo Buenos Aires!!!!
    Sou professora e moro em Guarulhos/SP…..A primeira vez foi em setembro de 2008 quando completei 50 anos…. Desde então, todos os anos, em julho (adoro frio) vou a Buenos Aires….. Sempre com meu marido ou meu filho caçula (27 anos)…. O mais velho tem 35 anos e mora na Austrália…..
    Mas em 2018 ninguém podia ir comigo, então, fui sozinha……
    Sempre fico uma semana……
    Já me hospedei em Palermo, Porto Madero e no centro…..
    Que saudades……
    Este ano infelizmente acho que não poderei ir……
    Em junho vou pra Austrália conhecer meu netinho que nasceu em janeiro/2019…..
    Gostaria de sugerir que vc fizesse um vídeo sobre o Museo de lá memória…… adorei conhecê-lo……
    Beijos e muito obrigada!!!!!
    Márcia

O que achou do artigo?

Pin It