RECOLETA

Há três tipos de lugares: os que jamais estarão na moda, os que estão e os clássicos. Pois Recoleta é um clássico que entrou na moda, quase se acabou por causa dela e agora voltou de novo a ser um clássico. O Pátio Bullrich – que já foi o shopping mais chique da cidade – de novo é uma referência no quesito elegância. Quer dizer, Recoleta voltou aos tempos de glória, à época em que os abastados construíam seus palacetes nos arredores da Avenida Alvear. Também a Christie’s, a Sotheby’s, a Armani, a Ermenegildo Zegna e a Hermès não arredam pé do mais francês dos quartiers portenhos. O mesmo vale para o Alvear Palace Hotel, que se mantém o mais classudo da cidade com seus chás das 5, brunches e mordomos exclusivos. E os restaurantes, que substituíram as espeluncas, têm toque refinado. Enfim, mostras de um belo renascimento.

CURIOSIDADES

1. Recoleta abriga muitas atrações turísticas e seus imóveis estão entre os mais valorizados da cidade.

2. Na Recoleta está localizado o cemitério em que estão sepultadas diversas personalidades argentinas, com destaque para Evita Perón.

3. Seu nome vem do Convento dos Padres Recoletos. Os membros da ordem franciscana que se instalaram na área no início do século XVIII, quando foi fundado um convento e uma igreja dedicada a Nossa Senhora do Pilar e cemitério anexado a ele.

4. O centro histórico do bairro era a igreja paroquial do Pilar, cuja construção foi concluída em 1732, por essa razão, algumas vezes o distrito foi chamado de El Pilar.

5. O passeio da Recoleta é quase o centro geográfico do bairro, e um dos seus pontos mais altos. De modo que no final do século XIX, década de 1870, o sítio atraiu famílias ricas do sul da cidade, fugindo da epidemia de cólera e febre amarela. Pois a altura do terreno reduzia a presença de insetos portadores da doença. Enquanto as classes populares foram liquidadas no sul-sudeste da cidade, os mais ricos construiam mansões na Recoleta.

6. Estas famílias construíram no bairro mansões e grandes edifícios em estilo francês. Muitas destas mansões foram demolidas no final dos anos 1950 e início de 1960. Assim, tem-se alusão a Buenos Aires como a Paris da América.

7. Hoje, alguns desses edifícios tradicionais coexistem com modernos edifícios elegantes. Desde então, a Recoleta é um dos mais elegantes e caros bairros de Buenos Aires, concentrando mansões, embaixadas e hotéis de luxo, incluindo o luxuoso Alvear Palace Hotel.

8. Junto com alguns trechos dos bairros adjacentes do Retiro e Palermo, Recoleta é parte da área conhecida como Barrio Norte. Local de habitação tradicional dos setores mais abastados da sociedade que concentra grande parte da vida cultural da cidade.

9. O bairro de Recoleta é notável por seus grandes espaços culturais. Além dos monumentos históricos, abriga o Museu Nacional de Belas Artes, a Biblioteca Nacional, o Centro Cultural Recoleta e outras salas de exposições.

O QUE ESPERAR DE RECOLETA

Como chegar: Os metrôs linhas D e H atendem parcialmente o bairro. Além de dezenas de linhas de ônibus, táxi ou BA BUS.

Quando ir: Durante o dia e à noite é excelente para passear pelas praças e visitar os pontos turísticos. E nos finais de semana fica ainda melhor pois as praças se enchem de barraquinhas da feira de artesanatos. Além disso tem vários shows de artistas de rua.

Comer e Beber: Recoleta é um polo gastronômico onde é possível encontrar restaurantes refinados e clássicos. Ao meio dia alguns oferecem o menu executivo. Que é uma entrada, um prato principal, uma sobremesa e uma bebida, a um preço mais acessível.

Compras: É um lugar perfeito para compras de luxo. Ali se encontram, tanto no Pátio Bullrich como nas requintadas ruas do bairro, todas as mais renomadas lojas de luxo nacionais e internacionais. E nos finais de semana é fácil encontrar artesanato de excelente qualidade nas feiras que acontecem nas praças.

Hospedagem: É um excelente bairro para se hospedar pois está próximo a muitos pontos turísticos. A maioria dos hotéis da região são de luxo.

Segurança: É uma região segura e muito bem policiada.

O QUE VER EM RECOLETA

Flor de Recoleta Buenos Aires

A A escultura se situa no centro de um parque de quatro hectares arborizados, cercado por trilhas que oferecerem diferentes perspectivas do monumento, que está localizado acima de um espelho d’água. Além da função estética, o espelho d’água protege o monumento. CURIOSIDADES A grande flor feita em aço inoxidável com esqueleto de alumínio pesa dezoito

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos

Facilite seu roteiro e reserve nesse post

Instagram

Pin It