Parque Centenário em Buenos Aires


Ao igual que muitos dos principais espaços verdes da cidade, o paisagista Carlos Thays foi o encarregado de desenhar o Parque Centenario.

Batizado assim em 1909 para comemorar os cem anos da Revolução de Maio. 


Seus terrenos, localizados no centro geográfico da Cidade de Buenos Aires, pertenceram originalmente à família Lezica, proprietária também dos que hoje ocupa o Parque Rivadavia.

Em 1898, o município de Buenos Aires comprou-os para construir um passeio que, em um princípio ia se chamar Parque del Oeste ou Parque Central

Finalmente, ficou com o nome atual. 


No centro do parque existe um lago habitado por patos e peixes e um anfiteatro reconstruído em 2009 pelo Governo da Cidade onde se realizam espetáculos durante o verão. 

O parque possui ainda uma fonte, jogos recreativos, murais populares e várias esculturas, entre elas a “Victoria alada” do italiano Eduardo Rubino, “Madame Curie”, de Santiago Parodi e “La Aurora”, do francés Emilio Peinot. 

Ao redor do parque se encontram o Museu Argentino de Ciências Naturais Bernardino Rivadavia e o observatório da Associação Amigos da Astronomia.


Durante a semana funciona, na calçada externa, uma feira de livros e revistas usadas que é muito frequentada pelos vizinhos dos bairros próximos. 

E nos finais de semana e feriados, funciona uma feira de artesanatos.



Minha dica: é um lugar incrível para fazer exercícios ao ar livre e passar qualquer dia de sol fazendo um piquenique, não se preocupe, tem muitas árvores. 

Pode entrar com animais de estimação e tem atividades para toda a família. 

Ideal para quem está com criança porque tem muitas atividades, principalmente final de semana. 

A entrada do museu é paga mas é bem acessível.



Endereço: Av. Angel Gallardo e Rio de Janeiro (mas possui várias entradas)

Dias e Horários: Todos os dias, das 07:00 às 21:00

Entrada: Livre e gratuita

Gostou das dicas? Então inscreva-se abaixo para receber todas as novidades por e-mail. É grátis.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Instagram

@depasseiopor