5 baladas para você curtir em Buenos Aires e 2 que é melhor evitar


Buenos Aires é uma cidade incrível para badalar.

A oportunidade de vir de férias e depois de morar aqui, me deram a vantagem de curtir as melhores baladas da minha vida nessa cidade.

Sabia que é possível sair para a balada de segunda a segunda?


É engraçado falar isso porque pouca gente sabe desse lado cool da cidade. 

Fico super feliz de poder compartilhar tudo isso com vocês.



ESCOLHENDO O BOLICHE

Como se diz na sua cidade? Balada? Night? Discoteca? Boate?

Não importa, o lugar aonde acontece a festa aqui se chama Boliche.

Como já mencionei, tem festa de segunda a segunda e em um boliche que abre de terça a domingo, por exemplo, cada dia ele vai oferecer uma festa diferente.

E pode acontecer de que em uma mesma semana tenha uma festa eletrônica, uma balada gay e uma festa hip hop, tudo no mesmo lugar.

Só que cada dia vai ser uma balada diferente.

Assim como tem boliche que só abre um dia específico e sempre com a mesma festa.

Então antes de simplesmente ir a uma balada que te falaram que é legal, sempre é bom ver que tipo de festa vai acontecer no dia que você pretende ir.


CENSURA - IDADE E O QUE VESTIR

Seguindo o mesmo princípio da dica acima, é importante observar na informação da festa qual o código de vestimenta especialmente para os homens.

Muitas festas só aceitam que entrem de camisa e com sapato social.

Sapatênis não é sapato social.

Com as mulheres é um pouco mais relaxada essa censura mas pode acontecer, então é sempre bom ver a informação da festa.

Quanto a censura, tem festa que aceita a partir dos 18 anos mas muitas só a partir dos 21, sério!

E sempre tem que apresentar documento de identificação (turista, passaporte ou RG), porque às vezes a festa não permite extrapolar uma certa idade também.

Já tive amigos que tiveram que voltar da porta da balada para buscar o documento ou calçar sapato porque não teve negociação com o segurança. 

Importante lembrar que todos os boliches possuem guarda-volumes então no inverno você pode ir de casaco e guardar lá no local.

Esse serviço é pago mas é mais seguro do que deixar seu casaco em poltronas.





ENTRANDO DE GRAÇA

Uma coisa muito legal das baladas daqui são as listas.

Colocar seu nome na lista é poder passar grátis na balada e só paga o que consumir.

Algumas festas oferecem listas nas próprias páginas oficiais, outras só através de R.R.P.P, que são os relações públicas.

Muitos se anunciam nos perfis de facebook do próprio boliche, só dar uma olhadinha.

Existem também várias páginas que oferecem listas, é só jogar no google "boliches Buenos Aires" que vão aparecer as opções.

Vantagens do nome na lista:
  • Entrar sem pagar.
  • Promoções de tragos, exemplo, 2X1 - leva duas bebidas e paga o preço de uma.
  • Algumas listas, principalmente com relações públicas, te permitem uma consumação e até pizzas grátis. 

Desvantagens do nome na lista:
  • Tem que colocar o nome na lista cedo, geralmente até às 22h. Isso é desvantagem porque você tem que saber com antecipação a que boliche você vai querer ir.
  • Alguns demoram para confirmar se a lista foi aceita então quanto antes mandar, melhor.
  • Tem que chegar muitas vezes antes da 1h da manhã e as festas ficam "vazias" até à 1h30, 2h. Para esse horário a música é ambiente e é bem chato esperar 1 ou 2 horas até que a festa comece.
  • É arriscado chegar muito próximo do horário da lista vencer, por exemplo, se a lista vence 1h15 e você chega 1h. Porque se tiver muita gente na porta, os seguranças seguram a fila, aí dá o horário e você perde a lista e tem que pagar a entrada.
  •  



A PRÉVIA

Antes de ir para a balada, tem que fazer a prévia, que nada mais é do que ir para um bar ou para a casa de algum amigo beber.

Tem que fazer esse aquecimento porque a balada só começa à 1h da manhã. 

Se te convidarem para a prévia na casa de alguém, tem que levar alguma bebida.



MÚSICA CACHENGUE

Um tipo de festa muito comum nos boliches daqui são as de música cachengue, que é onde toca reggaeton e cumbia, como no vídeo acima.

As letras são muito ruins mas o ritmo é bem para dançar mesmo.

E toca em boliches de todos os níveis sociais.

Seria o equivalente aqui ao nosso funk daí.




 
7 BOLICHES QUE EU CONHECI E O QUE EU RECOMENDO SOBRE ELES.

Os 3 primeiros são as melhores e imperdíveis na minha opinião.

MELHOR IR:



Club Severino di Giovani - Guardia Vieja 3360, Almagro.

Música: 80s e 90s, Cachengue, Dance Comercial, Reggeaton


Aberto: Segunda-feira. Faixa etária: 22 - 30 anos

A melhor balada de segunda-feira. 

O mais diferente é que vai muito gringo e quase não tem argentinos, a festa é muito legal e você se sente cidadão do mundo.

Para colocar o nome na lista


Kika Club - Honduras 5339, Palermo.
 
Música: 80s e 90s, Cachengue, Dance Comercial, Reggeaton 

Comida: Variada. Aberto: Ter a Sáb. Faixa etária: 22 - 28 anos

A Kika é incrível!!

O ambiente é lindo e tem duas pistas de dança onde cabem mais de 1000 pessoas.

Só gente jovem e linda.

Na área vip tem um bar próprio.


Para colocar o nome na lista.



Terraza's del Este - Av. Costanera Norte y Sarmiento, Palermo. 

Música: Cachengue, Dance Comercial, Reggeaton 

Aberto: Quarta. Faixa etária: 26 - 30 anos

A melhor balada de quarta!!

Apesar de ficar em Palermo, o lugar é longe do centro mas vale a pena!

É um ambiente mais adulto e a entrada começa cedo, à partir das 18h30, ou seja, é after office.

Até às 22h a entrada é grátis com nome na lista.

O lugar é uma casa de eventos e tem um terraço lindo onde as baladas no verão são imperdíveis.

Por outro lado, as pessoas que frequentam o lugar são só gente linda.

Para colocar o nome na lista.



Crobar - Av. del Libertador 3886, Palermo

Música: Dance Comercial, Electronica, House, Reggeaton

Aberto: Sex, Sáb. Faixa etária: 22 - 30 anos  

A Crobar é uma balada legal.

O ambiente é espaçoso e a música é boa.

Nunca fui a uma festa incrível lá mas também nunca fui a uma festa chata, é uma balada legal.

Para colocar o nome na lista.


Club Araoz - Araoz 2424, Palermo.

Música: Cachengue, Dance Comercial, Latino, Reggeaton, Rock

Aberto: Sáb. Faixa etária: 22 - 25 anos

Festejei um aniversário nessa balada, foi muito legal.

O ambiente é espaçoso e a área VIP fica em um andar superior.

Para colocar o nome na lista.

MELHOR EVITAR:



Ásia de Cuba - Pierina Dealessi 750, Puerto Madero

Música: Cachengue, Dance Comercial, House, Reggeaton 

Comida: Internacional. Aberto: Qua a Sáb. Faixa etária: 22 - 30 anos

Sei que é muito famosa mas acho que a balada deixa muito a desejar.

O lugar é bonito e super bem decorado mas é pequeno e eles sempre lotam até o ponto de você não conseguir se mexer lá dentro.

O banheiro feminino não dá conta do movimento e acho que só é famoso porque como fica em Puerto Madero, já foi opção de muitos jogadores de futebol e alguns famosos.

Inclusive uma vez encontrei com o ex-bbb Serginho uma noite.

Estive lá em umas 5 oportunidades e nunca foi uma boa festa, para mim já é um lugar decadente.

Talvez ainda seja bom para o jantar mas sinceramente, não recomendo a balada. 



Pacha - Av. Rafael Obligado 6151, Costanera.

Música: Cachengue, Dance Comercial, Electronica, House, Reggeaton 

Aberto: Sex, Sáb. Faixa etária: 22 - 25 anos.

Um lugar que não é para todos.

Muita droga e música eletrônica fazem o ambiente intolerável para quem não está acostumado.

Na verdade, o local foi enclausurado duas vezes em 2016 e não encontrei nenhuma informação concreta sobre se está aberto ou fechado. 

Eu fui uma vez, especificamente quando estive de férias aqui, e só porque o pessoal com quem viajei me convidou.

Se você gosta de música eletrônica ou é fã da marca, esse é o lugar. 

Eu recomendo que é melhor evitar.
E você, conheceu alguma balada quando esteve em Buenos Aires?

Deixa a dica para a gente aqui nos comentários.

Gostou das dicas? Então inscreva seu e-mail para receber todas as novidades.

CONVERSATION

6 comentários:

  1. Olá Roberta, reparei que em cada lugar que você mencionou, há uma classificação etária, isso é levado à sério? Fiquei preocupado pois tenho 35, e estou planejando uma viagem a Buenos Aires.

    Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paulo e Roberta!
      Também fiquei super preocupada, até porque, estou indo com meu namorado e temos uma diferença de idade de 12 anos. Isso significaria que onde um entra o outro não pode? Realmente existe esse rigor quanto a idade?
      Grata.
      Aguardo, Anggélica.

      Excluir
  2. Olá sou Wesley e estou no Brasil vi seus vídeos no YouTube para saber mais vou para Argentina em julho e estou com dúvidas poderia responder algumas por whatsapp wsalvatore90@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. oii.. vou fazer um cruzeiro e ele ficara dois dias em buenos aires, o bairro palermo é beem longe do porto.. tem alguma baladinha boa perto do porto? que dê pra ir e voltar a pé? E quanto se gasta em média numa balada ai? beijos

    ResponderExcluir
  4. Uma duvida, Eu vi as faixa etarias 22 pra cima eu tenho 21, não tem conversa? Tipo não entro mesmo? Adorei o blog estou indo visitar a cidade com uma amiga e esse blog me ajudou bastante.

    ResponderExcluir

Instagram

@depasseiopor