Saiba tudo sobre o Café Tortoni de Buenos Aires e porque visitá-lo


O Café Tortoni é o mais tradicional da Cidade (foi fundado em 1858) e é parte de uma verdadeira atração para os que o visitam. 

Nas suas mesas de mármore e nas suas paredes, estão presentes uma parte importante da historia de Buenos Aires.

Entre seus clientes mais destacados se encontravam os escritores Jorge Luis Borges, Luigi Pirandello, Federico García Lorca e Julio Cortázar, assim como os músicos Arthur Rubinstein e o mítico Carlos Gardel. 


Seu primeiro proprietário foi um imigrante francês de sobrenome Touan, quem batizou o lugar em homenagem a outro célebre Café Tortoni de Paris. 

A imponente fachada que da para Avenida de Maio foi obra do arquiteto Alejandro Christophersen, realizada em 1898. 

Atualmente no subsolo do Tortoni se apresentam espetáculos de jazz e de tango (ao lado do café se encontram a Academia Nacional del Tango e o Museo Mundial del Tango).


Curiosidades

Sabia que no Café Tortoni Carlos Gardel tinha sempre uma mesa reservada para ele longe da vista dos seus admiradores? 

De acordo com o poeta Enrique Cadícamo, era a que se encontrava no canto direito do salão junto à janela entrando pela avenida Rivadavia. 

Além disso, no Tortoni é um dos poucos lugares em Buenos Aires onde ainda se pode pedir o sorvete de leite, leche merengada, que tomam os habitantes da Cidade há mais de um século.

Endereço: Av. de Maio 825, Monserrat 



Dias e Horários: segunda à domingo das 08:00 à 01:00h

Mais info: CAFÉ TORTONI

Gostou das dicas? Então inscreva seu e-mail para receber todas as novidades.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Instagram

@depasseiopor