13 dicas de como levar vinho e outras bebidas na mala de viagem | Bagagem



Tem gente que viaja só para fazer enoturismo.

E tem a maioria que quando os amigos descobrem que está de viagem para um país que tem tradição na fabricação, recebe dezenas de encomendas de garrafas de bebidas alcoólicas. 

E aí sempre surgem as dúvidas: É possível levar bebidas na mala? Como posso transportar?

É sim possível trazer bebidas na mala em viagens, tanto dentro do país quanto no exterior. 

Obviamente, existem regras estabelecidas pela Receita Federal que delimitam para o consumidor comum a quantidade permitida, a maneira de como levá-los e as eventuais taxas cobradas sobre o valor dos produtos.



Aqui estão algumas dicas para você poder levar bebidas na sua bagagem:

#1. Pode-se trazer do exterior via transporte aéreo ou marítimo até U$500 (dólares) de produtos não destinados à comercialização. Tudo dentro deste limite estará isento de taxas;

#2. Pode-se trazer, dentro do limite isento, até 12 litros de bebidas alcoólicas, ou seja, 16 garrafas de vinhos (por exemplo), que normalmente contém 750ml;

#3. Você pode trazer quantas garrafas quiser, porém, ultrapassando a cota de U$500 (dólares) e/ou a quantidade estabelecida de litros, você terá que passar pela fiscalização aduaneira e pagar um imposto único de importação no valor de 50% sobre o valor das bebidas trazidas e multa sobre o que exceder o limite;

 #4. Se você viajou ou irá viajar para o exterior, facilite: 
para evitar maiores problemas, traga na mala somente aquelas bebidas "preciosas" ou que custam uma fortuna no Brasil ou que tenha um significado muito especial para você. Não vale a pena passar apertos na alfândega por uma bebida que você pode comprar no país sem grandes dificuldades;

#5. Evite trazer muitas garrafas de um mesmo rótulo. 
O fiscal da alfandega pode entender que você está trazendo este vinho para comércio e não para uso pessoal – as regras para isenção ou pagamento de taxas irão mudar, e o preço a se pagar pode ser bem salgado;

#6. Carregue consigo todas as notas referentes à compra dos vinhos para que, caso ocorra qualquer problema com a Receita federal, você possa comprovar o valor real das bebidas;

#7. Busque informações sobre as regras de cada companhia aérea a respeito de bagagens, pois elas cobram taxas extras por excesso de bagagens; e principalmente para as regras de cada país a respeito do transporte de bebidas alcoólicas;

#8. Saiba que todos os tipos de bebidas devem ser despachadas com a bagagem, por isso, para evitar o desagradável de ver sua garrafa querida jorrada na sua mala, tenha cuidados especiais na hora de guardá-lo, e eles podem começar já na hora de adquirir as bebidas. Para este momento, as dicas são simples e eficazes:

#9. Quando for comprar a bebida, especifique para o vendedor que ela será despachada em bagagem, certamente ele irá oferecer algum tipo de invólucro (de plástico bolha, isopor, qualquer outro material que absorva impacto) para embalá-lo;

#10. Não leve muitas garrafas numa mesma mala e tente acolchoar ao máximo as garrafas com suas roupas, deixando o mínimo de espaço entre os vinhos, para que elas não se batam e quebrem;

#11. Se você sempre viaja com o intuito de comprar bebidas, você pode comprar malas especificas para esse tipo de transporte, elas podem ser facilmente encontradas em lojas especializadas e são seguras pois absorvem qualquer tipo de impacto;


#12. Se você puder, traga plástico bolha para transportar as garrafas de bebidas na mala;

#13. Somente as garrafas adquiridas no free shop podem ser transportadas na mão e mesmo assim elas entram nos limites de litros/dólares especificados acima somando com todas as garrafas que caso você já tenha na mala.

Para mais informações:

Para saber os limites e valores para todos os produtos: Receita.fazenda - Dica Viajante
Produtos proibidos e permitidos de entrar no Brasil: Receita.fazenda - Viajante chegada ao Brasil

As dicas e sugestões neste artigo e artigos relacionados são apenas para fins informativos e auxiliares, e não podem ser base para qualquer reclamação contra o blog DePasseioPor.

Gostou das dicas? Então inscreva seu e-mail para receber todas as novidades.

CONVERSATION

2 comentários:

  1. No soy brasileño, sino argentino y vivo en Argentina, pero tu información es muy importante. Ojalá todas aquellas personas que te preguntan valoren el tremendo artículo que has posteado muy detalladamente para transportar botellas, cosa que desconocía de esa maleta que justo entran 12 botellas muy buenas pero deben ser costosos de seguro.
    Saludos Beta!

    Raúl

    ResponderExcluir
  2. Oi Beta, meu sogro está vindo próxima semana e quero mandar por ele vinhos e doce de leite. O doce tambem pode, tendo em vista que é origem animal?

    ResponderExcluir

Instagram

@depasseiopor