5 dicas de segurança para tentar evitar golpes no táxi em Buenos Aires



Andar de táxi em Buenos Aires não é a coisa mais cara do mundo.

A cidade é pequena, os bairros são bem próximos e as corridas acabam ficando bem em conta.

Só que tem um detalhe que faz a gente pensar 2 vezes antes de tomar um táxi: os golpes!
Esses golpes são basicamente que os taxistas piratas te passam notas de dinheiro falsas.

E isso acontece tanto com residentes quanto com turistas só que vocês acabam sendo presas mais fáceis já que não conhecem o sistema, aliás, não conheciam, porque eu tô aqui para te auxiliar.

Igual como nos vídeos que já fiz (dois até o momento) sobre os golpes em táxis de Buenos Aires que você pode vê-los aqui e aqui

O objetivo dessas dicas é deixar você alerta sobre o que você deve fazer para tentar diminuir as chances de sofrer um golpe de um taxista.

Talvez você tenha ficado com a impressão de que ao entrar em um táxi automaticamente será vitima de um trambiqueiro mas a verdade é que existem muitos taxistas de boa fé na praça.


E eles acabam pagando pela meia dúzia de espertinhos, então para driblar essa meia dúzia vamos às dicas, que são atitudes que a gente tenta tomar aqui no nosso dia a dia  



#1. ATENÇÃO NOS AEROPORTOS

Evite tomar táxi na porta dos aeroportos, no que nós chamamos de "máfia dos taxistas".

Eu sei que os preços são tentadores mas não se exponha ao pecado da avareza.

Quer um transporte seguro para a sua chegada a Buenos Aires?
 
Então reserve aqui o seu translado.


Em Ezeiza, tem a opção do táxi ezeiza.

E no aeroparque procure os guichês dos remises, que seria o equivalente ao táxi executivo no Brasi.

Eu não estou te informando as opções mais baratas, o post é sobre as opções mais seguras.

Além dessas saiba quais são todas as opções de transporte desde cada aeroporto.



#2. NÃO ENTRE NO TÁXI SÓ COM NOTAS DE $100

O ideal é sempre ter trocado (aqui se diz cámbio) de 10, 20 e 50 pesos no bolso. 


Então faça compras nos kioskos ou sorveterias.

Chegando no aeroporto compre uma água, sei lá, mas procure já sair com trocado no bolso.


 
#3.CALCULE O VALOR APROXIMADO DA VIAGEM ANTES DE SAIR

Assim você pode burlar os espertinhos que tentem te dar voltas.

Tem vários sites onde você pode fazer esses cálculos totalmente grátis, deixo sugestão do viajoentaxi, inclusive no link eu já deixei na opção em português.

É super simples de usar: basta colocar os endereços de saída e destino, escolher a faixa horária que será realizada a corrida (6:00 às 22:00 ou 22:00 às 6:00).

O sistema sozinho adapta a bandeirada de acordo à faixa horária escolhida e apertar o botão calcular.

O site vai te dar um valor aproximado apenas considerando os quilômetros, então se você sentir que o motorista está te dando voltas você pode pedir para descer.

Você pode ver aqui o todos os detalhes sobre as tarifas de táxi na cidade.


#4. NA RUA, SÓ PEGUE RÁDIO TÁXI

Eu sempre falo isso mas é a principal dica que eu posso te dar.

Não é que só tenha gente desonesta nesse tipo de táxi mas os táxis particulares são os que mais dão problemas de taxímetro adulterado, golpe das cédulas falsas, destino que nunca chega. 

Esses são os que chamamos "piratas", evite-os a todo custo. 


Eu sei que às vezes eles são os que mais estão disponíveis nas ruas mas por que será?  

Evite-os! Você foi avisado.



#5. PEÇA PARA O RESTAURANTE PEDIR O TÁXI

Se você estiver de saída de um restaurante e já sabe que vai pegar um táxi na rua, pergunte se o restaurante pode pedir um rádio táxi pra você, é a mesma primícia do item 4 só que mais efetivo.

Mas olha só!

Quando você chama um rádio táxi será cobrada uma tarifa de começo de serviço, fora o valor da viagem. 

Alguns cobram outros não mas isso é legalizado, não é golpe.



E O QUE FAZER SE VOCÊ CAIR EM UM GOLPE?
 
A primeira coisa que você tem que fazer quando entrar em um táxi é ver os dados do condutor e veículo que estão em um papel na parte de trás do banco e anotar. 

É incomodo? É. Mas é a forma mais efetiva de realizar uma denúncia.

Você pode realizar denúncias 
  • Chamando ao 147 
  • Ou ao número de assistência ao turista: 0800-999-2838 
  • Ou por e-mail: taxis@buenosaires.gob.ar

Gostou das dicas? Então inscreva seu e-mail para receber todas as novidades.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Instagram

@depasseiopor