Quais são os polos gastronômicos de Buenos Aires




Querendo saber onde encontrar bons restaurantes em Buenos Aires sem ter que ficar andando sem rumo? 

Só ler o texto abaixo onde os circuitos gastronômicos estão separados por bairro:


PALERMO

Uma parte do extenso bairro de Palermo se converteu no polo gastronômico mais ativo da cidade de Buenos Aires. 

O que hoje se denomina Palermo Hollywood, que está delimitado pela Av. Juan B. Justo, Dorrego, Av. Santa Fé e Av.Córdoba, durante décadas era quase que exclusivamente composto por residências de famílias de classe média e oficinas mecânicas. 

Mas no começo desse século, com a chegada de produtoras e canais de televisão, recebeu o nome que tem atualmente. 

O que acabou atraindo muitos dos restaurantes e bares que estão na região, transformando-a em um polo gastronômico.

Alguns anos antes, uma região bem próxima, do outro lado da Av. Juan B. Justo, nasceu o que se chama hoje Palermo Soho, delimitado pelas Avenidas Scalabrini Ortiz, Córdoba, Juan B. Justo e Santa Fé. 

O nome faz alusão ao bairro de Soho das cidades de Nova York e Londres, e foi dado pela sua orientação ao design e à moda, muito fortes nessa região, ainda que não são poucos os restaurantes dessa zona.


LAS CAÑITAS

No começo da década de 90, sobre a rua Báez e as ruas vizinhas no bairro de Palermo, se estabeleceu um polo gastronômico que ainda subsiste. 

O fato de ficar em uma zona residencial chiquérrima próximo as quadras de polo de Palermo é um atrativo adicional. 

Recentemente foram realizadas obras pelo Governo da Cidade de Buenos Aires nas calçadas onde se encontram os restaurantes o que vem facilitando muito a circulação pela região. 
 


PUERTO MADERO 


As antigas docas do porto de Buenos Aires, criado na década de 1930 seguindo o modelo inglês, bem que souberam sair do abandono e do esquecimento para se converterem em um pulsante bairro residencial e gastronômico. 

Os promotores imobiliários aproveitaram os amplos espaços e a já existente arquitetura, a localização central e a cobiçada vista para estabelecer lindas residências e interessantes restaurantes que vale a pena visitar.


RECOLETA

É o primeiro e o mais "antigo" centro gastronômico da cidade. 

Teve sua glória nos anos 70 e, se bem a culinária variou bastante desde essa época e surgiu muita concorrência, ainda é possível encontrar lugares tradicionais como o La Biela, muito frequentado por turistas de várias nacionalidades.




SAN TELMO

É o bairro mais antigo de Buenos Aires e a seu momento também soube ser o mais aristocrático. 

Basta percorrer suas ruas para desfrutar do antigo esplendor das suas construções. 

Mas tudo mudou em 1981 com a epidemia de febre amarela que afugentou as famílias mais endinheiradas, que acabaram se estabelecendo mais ao norte da cidade. 

Porém, depois de várias décadas de esquecimento, San Telmo recuperou boa parte da sua dignidade. 

Aqui se encontram o requinte e a boemia que perdeu Palermo, junto a esse ar decadente que o transforma atrativo aos olhos dos turistas europeus. 

O bairro está vivendo um "boom" imobiliário e os restaurantes não ficaram de fora desse sucesso. 

Atualmente existem perto de 150 restaurantes, vários deles mais que interessantes e que com certeza merecem uma visita.

Gostou das dicas? Então inscreva seu e-mail para receber todas as novidades.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Instagram

@depasseiopor